Função e Estética Dentária

Somos especialistas em saúde oral e bem-estar.

FUNÇÃO E ESTÉTICA DENTÁRIA2019-09-09T20:22:47+00:00

Project Description

FUNÇÃO E ESTÉTICA DENTÁRIA

A Solução para um sorriso perfeito

Existem tratamentos que nos permitem recuperar a função de mastigação e estética dentária: o branqueamento, as coroas e as facetas de cerâmica, inlaysonlays e overlays. 

Branqueamento dentário

O branqueamento dentário é um procedimento estético que torna os dentes mais brancosPode ser realizado no consultório ou em casa após avaliação clínica e radiológica da condição dentária e periodontal.  

Porque temos os nossos dentes escurecidos ou manchados?

Apesar da cor natural dos dentes ser diferente de pessoa para pessoa, alguns fatores podem contribuir para alterações na coloração dos dentes:

  • Idade;
  • Hábitos alimentares (tais como o consumo de café, chá, refrigerantes, vinho tinto, etc);
  • Hábitos tabágicos;
  • Higiene oral insuficiente;
  • Uso de antibióticos (tetraciclinas) durante a formação dentária;
  • Ingestão de flúor;
  • Outras doenças sistémicas durante a fase de formação dos dentes;
  • Dentes desvitalizados ou que foram traumatizados há algum tempo.

Como se faz o branqueamento

O branqueamento dentário começa com um exame clínico para assegurar as condições de saúde necessárias. Depois, através da aplicação de um gel branqueador que atua sobre a superfície do esmalteocorre o clareamento.

Não provoca lesões, nem deSgaste nos dentes naturais. Por isso, o branqueamento dentário profissional tem de ser realizado por profissionais de saúde oral.

As orientações e aplicações pelo médico dentista evitam tempos excessivos ou exposições desnecessárias aos produtos de branqueamento.

Coroas ou pontes de cerâmica

As coroas são aconselhadas nos casos em que é necessário conferir maior resistência e durabilidade a dentes danificados, melhorar a estética, o formato ou o alinhamento dos dentes na arcada dentária. Uma coroa também pode ser colocada sobre um implante dentário, repondo a forma e a estrutura do dente natural perdido.

  • Substituir uma grande restauração quando não resta muita estrutura do dente natural;
  • Proteger um dente enfraquecido que sofreu fratura;
  • Aumentar a retenção e suporte de uma prótese removível esquelética;
  • Substituir um dente ausente colocando-a sobre um implante dentário;
  • Recobrir um dente com alteração da cor ou forma;
  • Proteger dentes desvitalizados em que a estrutura dentária remanescente está fragilizada;
  • Substituir dentes ausentes.

As pontes são aconselhadas para substituir um ou mais dentes ausentes e são uma sequência de coroas, todas unidas. As pontes podem ser realizadas sobre dentes naturais e nestes casos é necessário que estejam presentes dentes, pelo menos, nos extremos das falhas dentárias. Também podem ser efetuadas sobre implantes havendo necessidade de colocar esses implantes nos extremos das falhas dentárias. As coroas ou pontes quando bem desenhadas e adaptadas, comportam-se como dentes naturais.

 

Facetas

As facetas dentárias, às vezes apelidadas também de lentes de contacto, consoante a espessura e técnica utilizada, são revestimentos cerâmicos desenhados e personalizados para determinada pessoa cobrindo a superfície da frente dos dentes, com o principal objetivo de melhorar a sua aparência. Com este tipo de tratamento é possível mudar a cor, a forma, a orientação, o tamanho e mesmo o comprimento dos dentes. 

Podem ser realizadas em diferentes materiais, nomeadamente, em cerâmica ou compósitos de resina, sendo que as primeiras são indiscutivelmente muito mais resistentes/ duradouras, não mudam de cor e imitam com maior precisão as propriedades refletoras da luz dos dentes naturais. 

Os principais motivos para realizar facetas dentárias são:

  1. Dentes escurecidos;
  2. Dentes desgastados;
  3. Dentes lascados ou partidos;
  4. Dentes desalinhados/ tortos;
  5. Espaçamento entre os dentes.

Neste sentido, as facetas possuem indicação em pacientes que procuram aumentar a sua autoestima, melhorando a sua aparência visual, pois muitas vezes por vergonha ou inibição relacionada com a sua estética dentária, acabam por evitar o próprio sorriso. 

Inlays/Onlays/Overlays

As restaurações indiretas estão indicadas para os dentes posteriores (premolares e molares) quando os dentes apresentam grandes cavidades, normalmente resultantes de cárie ou simplesmente para substituir restaurações antigas, permitindo dessa forma devolver a sua forma, aspecto natural e função mastigatória.

Chamam-se indiretas porque não são feitas no consultório, mas sim no laboratório com materiais de maior resistência e maior precisão. 

Em função do tamanho e superfícies afectadas do dente existem 3 tipos: InlaysOnlays e Overlays. 

Os Inlays são restaurações que envolvem o sulco e os pontos de contacto entre os dentes; os Onlays são restaurações que recobrem pelo menos uma cúspide do dente e os Overlaysrecobrem toda a coroa do dente sem, no entanto, ter de se desgastar tanta estrutura dentária como nas coroas. 

Indicações 

Este tratamento está indicado em:

  • Dentes desvitalizados que foram sujeitos a um grande desgaste na sua coroa, e a sua rigidez e resistência está drasticamente diminuída. As restaurações indiretas permitem repor a rigidez e a resistência do dente, protegendo-o, evitando as habituais fraturas características dos dentes desvitalizados;
  • Dentes que já tiveram restaurações anteriores e que estão bastante fragilizados;
  • Dentes posteriores com fraturas que comprometam a solidez estrutural da coroa, onde esteja indicado uma restauração indireta de recobrimento parcial;
  • Dentes posteriores onde se pretenda reestabelecer pontos de contacto interproximais de forma adequada;
  • Dentes posteriores destruídos onde se pretenda nivelar o plano oclusal.

ESPECIALIDADES

CONTACTOS

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

Seg – Sex 10H-13H / 15H-19H

LOCALIZAÇÃO

PEDIR VIATURA

     

Marque já uma consulta